Aldeias de Crianças SOS Portugal

Verba necessária

601.46€

Destino da verba

Causa C – Ofereça a Consoada de Natal 2020 de crianças e jovens socialmente desprotegidos

Contexto

O Natal pode ser quando nós quisermos, mas claramente não é para todos, e quando chegamos aqui, temos sem dúvida muitas crianças, jovens e adultos que sofrem com esta data, para quem o Natal representa solidão, não ter o que comer, não ter família ou com quem passar a quadra supostamente de fartura e família. Preocupados com esta questão as Aldeias de Crianças SOS, uma organização não-governamental sem fins lucrativos de acolhimento, acompanhamento e ajuda assistencial a crianças socialmente desprotegidas decidiu pedir apoio para proporcionar a estas crianças e jovens uma consoada de Natal e Fortalecimento Familiar.

As Aldeias SOS acolhem crianças socialmente vulneráveis, que juntamente com os seus irmãos vivem no seio de uma família SOS onde se criam relações familiares e de amizade fortes e duradouras e onde as crianças têm a possibilidade de crescer protegidas, com amor respeito e dignidade. Em Portugal existem 3 Aldeias SOS: Bicesse, Gulpilhares e Guarda, que acolhem 100 crianças/jovens. O trabalho desenvolvido vai para além do acolhimento de crianças, uma vez que, providenciam cuidado a crianças que não podem estar com as suas famílias biológicas e fortalecem as famílias de crianças em risco de lhes serem retiradas. Nas Aldeias SOS já acolheram 696 crianças e apoiaram 481 crianças/jovens.

Morada

Rua José Dias Coelho, Nº 40, R/C 1300-329 Lisboa

Telefone

965 755 168

Foto

Vídeo

Anexos

WEB


Aldeias de Crianças SOS Portugal


Verba necessária

601.46€


Destino da verba

Causa C – Ofereça a Consoada de Natal 2020 de crianças e jovens socialmente desprotegidos


Contexto

O Natal pode ser quando nós quisermos, mas claramente não é para todos, e quando chegamos aqui, temos sem dúvida muitas crianças, jovens e adultos que sofrem com esta data, para quem o Natal representa solidão, não ter o que comer, não ter família ou com quem passar a quadra supostamente de fartura e família. Preocupados com esta questão as Aldeias de Crianças SOS, uma organização não-governamental sem fins lucrativos de acolhimento, acompanhamento e ajuda assistencial a crianças socialmente desprotegidas decidiu pedir apoio para proporcionar a estas crianças e jovens uma consoada de Natal e Fortalecimento Familiar.

As Aldeias SOS acolhem crianças socialmente vulneráveis, que juntamente com os seus irmãos vivem no seio de uma família SOS onde se criam relações familiares e de amizade fortes e duradouras e onde as crianças têm a possibilidade de crescer protegidas, com amor respeito e dignidade. Em Portugal existem 3 Aldeias SOS: Bicesse, Gulpilhares e Guarda, que acolhem 100 crianças/jovens. O trabalho desenvolvido vai para além do acolhimento de crianças, uma vez que, providenciam cuidado a crianças que não podem estar com as suas famílias biológicas e fortalecem as famílias de crianças em risco de lhes serem retiradas. Nas Aldeias SOS já acolheram 696 crianças e apoiaram 481 crianças/jovens.


Foto


Vídeo



Morada

Rua José Dias Coelho, Nº 40, R/C 1300-329 Lisboa


Telefone

965 755 168


 

 

VOLTAR À PÁGINA ANTERIOR