Morada: Largo da Memória, 14, 1349-045 Belém


Telefone: 21 361 78 80


Valor em €: 461,25€


Nº de Votos: 26 Votar


Destino: “Os Direitos da Criança”



O Instituto de Apoio à Criança é uma instituição particular de superior interesse social, sem fins lucrativos, cujo primordial objetivo é contribuir para o adequado desenvolvimento integral da criança.

O SOS-Criança, uma das valências do Instituto reconhecido pelo público em geral, é um serviço de primeira necessidade que surge em 1988 como pioneiro em Portugal que, de forma anónima e confidencial, garante à criança o direito à palavra e à proteção em situações de perigo, tendo por base a defesa e promoção dos Direitos da Criança

Através da Linha SOS-Criança, é possível abraçar as mais diversas problemáticas relacionadas com as crianças e jovens a nível nacional. É uma linha gratuita (116111 – dias úteis das 9h às 19h) através da qual as crianças podem expressar as suas ansiedades, dúvidas e receios, obtendo uma resposta de suporte e de contenção. A Linha SOS-Criança também pretende, acima de tudo, prevenir todas as situações de violência física, sexual, psicológica ou de privação que vitima muitas crianças e jovens. Assim, esta é uma linha que está, igualmente, ao dispor da comunidade, permitindo que qualquer cidadão possa denunciar casos que coloquem em causa a integridade e bem-estar físicos e psicológicos da criança e jovem, o que vem constituir uma solução para os problemas, intervindo, de forma precoce, nas situações que podem prejudicar o seu bom desenvolvimento.

A melhor forma de prevenir o avanço dos maus tratos nas crianças e jovens, é sensibilizar esta população para os seus direitos. Neste sentido, através de ações de sensibilização nas escolas, é possível ir à raiz do problema, contatar com as crianças, perceber as suas necessidades e fragilidades, bem como alertar para o que deve e não deve ser encarado como “normal”, no que toca à sua integridade.

Com o apoio financeiro do “Movimento 1 Euro”, esperamos obter ajuda para a produção do material de divulgação da Linha SOS-Criança nas escolas, de modo a complementar e a enriquecer as nossas ações de sensibilização, distribuindo-o pelos alunos, por forma a cativá-los e a sensibilizá-los para estarem mais atentos aos sinais indicadores de que algo possa estar a perturbar o seu bem-estar e o bem-estar dos que lhes estão próximos. Assim, é possível intervir, cada vez mais cedo, nas problemáticas e evitar que apenas haja atuação quando as situações indesejáveis já se encontrem em estado avançado.